Fazer transfusão de sangue é seguro? O diretor da unidade de hemoterapia e hematologia do hospital Samaritano, José Roberto Luzzi, esclarece a dúvida e fala mais sobre a segurança transfusional.

Quando falamos em transfusão de sangue costumamos pensar em algo perigoso. Felizmente nos hemocentros existe uma política rigorosa de doação. Desde a captação do doador até a autorização do médico para transfusão, existe a chamada “segurança transfusional” que garante a segurança do paciente receptor.

José fala a respeito de como é feita a segurança e os benefícios que a captação de sangue traz para medicina. Atualmente foram desenvolvidos laboratórios e equipamentos extremamente elaborados pela tecnologia para que se aproveite ao máximo cada unidade de sangue e assegura sua qualidade. Cada vez mais a medicina encontra meios de aprimorar a  segurança transfusional mostrando que é capaz de oferecer a quem precisa os melhores cuidados com maior segurança.

Americas Serviços Médicos

Ver todos os posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *